COMPROMETIMENTO DOS PODERES

As políticas de combate às drogas devem ser focadas em três objetivos específicos: preventivo (educação e comportamento); de tratamento e assistência das dependências (saúde pública) e de contenção (policial e judicial). Para aplicar estas políticas, defendemos campanhas educativas, políticas de prevenção, criação de Centros de Tratamento e Assistência da Dependência Química, e a integração dos aparatos de contenção e judiciais. A instalação de Conselhos Municipais de Entorpecentes estruturados em três comissões independentes (prevenção, tratamento e contenção) pode facilitar as unidades federativas na aplicação de políticas defensivas e de contenção ao consumo de tráfico de drogas.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

NOVA APREENSÃO RECORDE DE ECSTASY NO RS

DIÁRIO GAÚCHO, 12/06/2014 | 23h43

Polícia realiza nova apreensão recorde de ecstasy no Estado. Um homem de 24 anos foi preso com 1.315 comprimidos



Foto: Divulgação / Delegacia de Homicídios de Canoas


Carlos Ismael Moreira

A Delegacia de Homicídios (DH) de Canoas apreendeu nesta quinta-feira a maior quantidade de comprimidos de ecstasy da história do Estado. É a segunda vez que o recorde é quebrado em menos de uma semana.

Um homem de 24 anos foi preso com 1.315 comprimidos nas cores vermelha e bege, além de R$ 2,5 mil, por volta das 17h, quando embarcava na estação do Canoas do trensurb, com destino à Capital.

De acordo com o titular da DH de Canoas, delegado Marco Antônio Guns, o homem teria escolhido o horário da estreia da Seleção Brasileira no Mundial por acreditar que não haveria policiamento. Após receber uma denúncia, contudo, os agentes capturaram o suspeito.

— Todos os elementos informativos iniciais apontam que a droga iria abastecer a fan fest em Porto Alegre — afirmou Guns.

A droga estava embalada em uma folha de um jornal do Rio de Janeiro e a polícia suspeita que os comprimidos tenham sido trazidos daquele Estado. Segundo o delegado, o preço de cada unidade pode variar de R$30 até R$100.

O preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas para registro do flagrante e, depois, levado para o Presídio Central de Porto Alegre.

A maior apreensão de ecstasy no Estado havia sido realizada na noite de sexta-feira. Agentes do Denarc prenderam um homem de 38 anos, no Bairro Ouro Branco, em Novo Hamburgo, com 916 comprimidos nas cores laranja, bege, rosa e vermelha.