COMPROMETIMENTO DOS PODERES

As políticas de combate às drogas devem ser focadas em três objetivos específicos: preventivo (educação e comportamento); de tratamento e assistência das dependências (saúde pública) e de contenção (policial e judicial). Para aplicar estas políticas, defendemos campanhas educativas, políticas de prevenção, criação de Centros de Tratamento e Assistência da Dependência Química, e a integração dos aparatos de contenção e judiciais. A instalação de Conselhos Municipais de Entorpecentes estruturados em três comissões independentes (prevenção, tratamento e contenção) pode facilitar as unidades federativas na aplicação de políticas defensivas e de contenção ao consumo de tráfico de drogas.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

GRÁVIDAS, USUÁRIAS DE CRACK SE PROSTITUEM PARA MANTER VÍCIO

R7 - DOMINGO ESPETACULAR - 7/7/2014

Grávidas, usuárias de crack se prostituem para manter vício no Rio; veja vídeo. O repórter especial Vinícius Dônola acompanhou a rotina de quatro dependentes químicas

Do Domingo Espetacular, com R7


Maioria dessas mulheres nem sabem sequer o pai dos bebêsReprodução/Rede Record

Uma reportagem especial de Vinícius Dônola, exibida no Domingo Espetacular, no domingo (6), mostrou o drama de quatro mulheres viciadas em drogas grávidas. Todas já foram mães outras vezes, são moradoras de rua e, frequentemente, fazem uso de entorpecentes como o crack.

As mulheres não fazem o tratamento pré-natal. Isso aumenta as chances de os bebês nascerem doentes.

Taiana não sabe quem é o pai do bebê que espera. Ela faz programa para sustentar o vício do crack e engravidou de um dos clientes.

— Eu tenho namorado, mas engravidei de um programa.

Mesmo grávida, Taiana continua a se prostituir. A mulher cobra de R$ 20 a R$ 30 reais por programa.

Por determinação da Justiça do Rio, crianças recém-nascidas dessas mães são levadas para um abrigo público, que fica em um bairro vizinho a uma das principais cracolândias do Rio.

Para Jair Braga, diretor da maternidade-escola, as mães não têm a menor condição de cuidar dos bebês.

— É muito importante que essas crianças recebam o cuidado devido e isso não pode ser oferecido por essas moradoras de rua.


R7 - 04/7/2014 às 19h49

O drama vivido por grávidas viciadas em drogas. O programa revela detalhes da ação que tira destas mulheres a guarda dos filhos recém-nascidos



Do R7

Reprodução/Rede Record

No Domingo Espetacular deste domingo (06), o drama de mulheres grávidas que não conseguem se livrar das drogas. Uma reportagem especial mostra os riscos que o vício traz aos bebês e a difícil luta destas mães para deixar de lado drogas devastadoras como o crack. E revela detalhes da polêmica ação que tira a guarda destas mães logo que as crianças nascem. A equipe do programa visita o lugar para onde são levados estes recém-nascidos.

A série sobre mitos e verdades de alimentos que fazem parte do dia a dia do brasileiro nesta semana tem como destaque uma fruta, a laranja. A atração questiona se ela realmente ajuda na digestão e se todo mundo pode tomar o suco. A reportagem mostra as diferentes variedades da espécie e dá dicas para usá-la até mesmo em pratos salgados.

O Domingo Espetacular destaca ainda as mansões milionárias e a vida de luxo dos famosos. Jardins, piscinas e quartos a perder de vista. A atração descobre onde ficam as casas mais caras que as celebridades escolheram para viver.