COMPROMETIMENTO DOS PODERES

As políticas de combate às drogas devem ser focadas em três objetivos específicos: preventivo (educação e comportamento); de tratamento e assistência das dependências (saúde pública) e de contenção (policial e judicial). Para aplicar estas políticas, defendemos campanhas educativas, políticas de prevenção, criação de Centros de Tratamento e Assistência da Dependência Química, e a integração dos aparatos de contenção e judiciais. A instalação de Conselhos Municipais de Entorpecentes estruturados em três comissões independentes (prevenção, tratamento e contenção) pode facilitar as unidades federativas na aplicação de políticas defensivas e de contenção ao consumo de tráfico de drogas.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

ALUNOS USAM COCAÍNA E MACONHA NA PORTA DA ESCOLA


R7 - 03/04/2013 às 09h04

Flagrante: Estudantes consomem entorpecentes junto com moradores de rua

Do R7, com Jornal da Record


Reprodução Rede Record

Moradores reclamam da falta de segurança


Estudantes da rede municipal do Rio de Janeiro são flagrados consumindo drogas no centro comercial da zona oeste da cidade. Ainda uniformizados, os jovens vão até uma praça, que fica ao lado de uma igreja. Na praça eles fumam maconha e cheiram cocaína.

O local também é frequentado por moradores de rua, que se juntam aos alunos no consumo dos entorpecentes. Policiais militares passam pelo local e chegam a abordar o grupo, mas não efetuam nenhuma apreensão ou prisão.

Os moradores reclamam da falta de segurança no local. O comerciante Alex Santos relatou que todos que moram na região estão assustados.

— É bem assustador, pois você passa e vê pessoas consumindo drogas o dia inteiro.

A polícia informou que irá tentar identificar os traficantes que agem na praça e a Guarda Municipal também informou que pretende abrir um posto de policiamento no local.