COMPROMETIMENTO DOS PODERES

As políticas de combate às drogas devem ser focadas em três objetivos específicos: preventivo (educação e comportamento); de tratamento e assistência das dependências (saúde pública) e de contenção (policial e judicial). Para aplicar estas políticas, defendemos campanhas educativas, políticas de prevenção, criação de Centros de Tratamento e Assistência da Dependência Química, e a integração dos aparatos de contenção e judiciais. A instalação de Conselhos Municipais de Entorpecentes estruturados em três comissões independentes (prevenção, tratamento e contenção) pode facilitar as unidades federativas na aplicação de políticas defensivas e de contenção ao consumo de tráfico de drogas.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

APARTAMENTO ERA PONTO DE DISTRIBUIÇÃO DE DROGAS

ZERO HORA 03 de setembro de 2013 | N° 17542

FLAGRANTE NA CAPITAL


Uma denúncia levou agentes do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), no domingo, à descoberta de um inusitado ponto de distribuição de drogas na zona norte da Capital. Um apartamento na Rua Edmundo Bastian, bairro Cristo Redentor, sem móveis ou eletrodomésticos que indicassem ser habitado, servia de base para traficantes.

– Ficamos impressionados com a variedade de drogas e a naturalidade com que eles agiam no local. O apartamento servia como um mercado de entorpecentes, só para essa finalidade mesmo – afirma o delegado Marcus Viafore.

Na ação, revelada ontem pela polícia, foram apreendidos 18 quilos de maconha, mais de 200 comprimidos de ecstasy, 150 gramas de cocaína e quantidade de crack suficiente para 2,8 mil pedras. O apartamento tinha colchões por todos os lados e resquícios de lanches dos criminosos também guardava munição: 306 cartuchos dos mais variados tipos, incluindo 9 mm e .40.

Os policiais encontraram ainda um carro e uma moto, supostamente usados para entregas de drogas.

– Monitoramos o apartamento por um tempo, até que conseguimos flagrar o traficante entregando uma porção de maconha a um homem que chegou ao edifício – explica o delegado.

Três suspeitos foram presos pela polícia

O apartamento era controlado por um homem de 32 anos, preso durante a ação. Ele já tinha antecedentes por tráfico e, nos últimos meses, foi preso em ações do Denarc. Segundo Marcus Viafore, o suspeito é bastante conhecido na Zona Norte. Outros dois jovens de 18 anos foram capturados. Um deles havia sido preso dois meses antes pelo próprio Denarc, com uma carga de lança-perfume.

De acordo com o delegado, a investigação não está encerrada. A polícia apura se o apartamento também servia como ponto avançado de alguma quadrilha da região da Zona Norte.

– Ao que tudo indica, a ocupação do apartamento não é recente – adianta Marcus Viafore.