COMPROMETIMENTO DOS PODERES

As políticas de combate às drogas devem ser focadas em três objetivos específicos: preventivo (educação e comportamento); de tratamento e assistência das dependências (saúde pública) e de contenção (policial e judicial). Para aplicar estas políticas, defendemos campanhas educativas, políticas de prevenção, criação de Centros de Tratamento e Assistência da Dependência Química, e a integração dos aparatos de contenção e judiciais. A instalação de Conselhos Municipais de Entorpecentes estruturados em três comissões independentes (prevenção, tratamento e contenção) pode facilitar as unidades federativas na aplicação de políticas defensivas e de contenção ao consumo de tráfico de drogas.

sábado, 28 de janeiro de 2012

DEPENDÊNCIA QUÍMICA

WANDERLEY SOARES, O SUL
Porto Alegre, Sábado, 28 de Janeiro de 2012.



O II Curso de Especialização em Dependência Química, coordenado pelos professores da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - Helena M. T. Barros e Sérgio de Paula Ramos - está com inscrições prorrogadas até 22 de fevereiro próximo.

Interessados devem comparecer na secretaria geral, na rua Costa, 40, em Porto Alegre e falar com Aline Lindemann.

O evento tem o objetivo de capacitar graduados em nível superior das áreas da saúde para atuarem na prevenção e tratamento das dependências químicas.

Mais informações, no site www.amtepa.com.br